20.9.11

sirvam nossas façanhas.....

No dia 20 de setembro, festeja-se no Rio Grande do Sul a Revolução Farroupilha, que eclodiu na noite de 19/09/1835, quando Bento Gonçalves da Silva avançou com cerca de 200 "farrapos" (ala dos exaltados, que queriam províncias mais autônomas, unidas por uma república mais flexível) sobre a capital Porto Alegre (que na época possuía cerca de 14 mil habitantes) pelo caminho da Azenha (atual Avenida João Pessoa). A revolta deveu-se em função dos elevados impostos cobrados no local de venda (normalmente outros Estados) sobre itens (animais, couro, charque e trigo) produzidos nas estâncias do Estado. Charqueadores e estancieiros reclamavam, ainda, de outros impostos: sobre o sal importado e sobre a propriedade da terra.




A revolução durou quase 10 anos, sem vencedor e vencido. O tratado de paz foi assinado em Ponche Verde, pelo barão Duque de Caxias e o general Davi Canabarro, em 28/02/1845.
http://www.terragaucha.com.br/revolucao_farroupilha.htm

13.9.11

revitalização do brique da redenção

Pelos próximos dois anos, os cerca de 300 expositores do Brique da Redenção contarão como aliada no desenvolvimento dos seus negócios a parceria entre a prefeitura e o grupo Walmart que garantiu a revitalização da infraestrutura do comércio no parque. O projeto de qualificação foi inaugurado neste domingo, 11, em comemoração junto ao Monumento ao Expedicionário, que atraiu centenas de pessoas que curtiam o dia ensolarado no parque.




O prefeito José Fortunati reforçou a importância de unir os diversos atores da sociedade nas iniciativas de qualificação dos espaços públicos. "Os expositores dão essa vida diferenciada ao nosso parque nos finais de semana, e é nossa nossa obrigação qualificar o espaço, mantendo as características culturais e históricas do local. Nesse compromisso, a prefeitura busca parceiros para agregar aos projetos que promove, somando esforços e dialogando com a sociedade para que tenhamos um Brique de mais qualidade e devidamente fiscalizado", afirmou Fortunati, destacando as revitalizações do Largo Glênio Peres, do Chalé da Praça XV e do Cais Mauá como exemplos dessa parceria com a iniciativa privada em benefício da cidade.



A revitalização da infraestrutura incluiu a instalação de novas bancas numeradas, com formato adequado ao tipo de negócio, incluindo as seções de artesanato, artes plásticas, gastronomia e antiquário. Para ampliar a interação com o público, a área dedicada ao comércio de antiguidades, próxima à avenida João Pessoa, agora está posicionada de frente para o parque e contará com o plantio de árvores, que ampliará a zona de sombreamento das bancas. No passeio pelo parque, o prefeito plantou o primeiro ipê roxo dessa ação.





Desenvolvimento e fiscalização - Para o presidente da Associação do Brique da Redenção, Evilázio Domingues, "o projeto tem suma importância, agregando estrutura para os expositores e incentivando a qualificar os seus trabalhos". O representante dos comerciantes agradeceu a fiscalização da Secretaria Municipal de Produção, Indústria e Comércio (Smic), que garante o correto andamento do trabalho no local. Responsável pela "adoção" do Brique da Redenção por dois anos, a Walmart, por meio do BIG, foi representada no ato pelo diretor de Relações Institucionais do Walmart Brasil, Carlos Ernesto Ely. "O Brique é um espaço caro não só para o porto-alegrense, mas também para o povo gaúcho. Estamos fazendo parte dessa história de renovação. Nos tragam bons projetos, que iremos apoiar sempre", reforçou Ely.



Para ampliar a visibilidade e o potencial dos negócios, o projeto contemplou também a renovação do site do brique e a produção de materiais de divulgação com a nova identidade visual. De acordo com o titular da Smic, Valter Nagelstein, o conjunto de iniciativas pretende promover renovação e estímulo ao desenvolvimento do trabalho dos expositores. "Os profissionais recebem incentivo em todos os aspectos para potencializar o seu crescimento, incluindo o microcrédito. Essas mudanças aqui foram construídas ouvindo a população e os expositores", disse o secretário.A celebração teve programação cultural com apresentação de artistas como Recuerdos de Milonga, Cordas e Cordeonas, Canta Brasil, Escuela Argentina de Tango Daniel Carlos, Blue Grass e Vert 360. Participaram da cerimônia o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adão Villaverde, os secretários estaduais de Esporte e Lazer, Kalil Sehbe, e de Segurança Pública, Airton Michels, o vereador Reginaldo Pujol e secretários municipais.
História - Realizada há 33 anos, no Parque Farroupilha (Redenção), a feira atrai cerca de 50 mil visitantes por final de semana. O local é um dos principais pontos turísticos da cidade. Funciona das 9h às 18h, na avenida José Bonifácio. O Brique foi inaugurado em março de 1978 como "Mercado de Pulgas", com 40 expositores. Em 1982, surgiu a Feira de Artesanato do Bom Fim e o Arte na Praça. Atualmente, trabalham no local 184 expositores de artesanato, 66 de antiguidades, 40 de artes plásticas e dez de gastronomia.

Foto: Luciano Lanes / PMPA